Rosa do Deserto:  Conheça essa belissima planta do deserto

Palmeira
Palmeira

Vamos explorar os principais pontos sobre essa belíssima planta que tem conquistado cada vez mais admiradores ao redor do mundo

Cientificamente conhecida como Adenium obesum, é nativa de regiões áridas da África Oriental e Arábia

Origem e características:

Sua aparência distinta é marcada pelo tronco grosso e inchado, flores exuberantes e folhas verdes ou acinzentadas com uma grande variedade de cores e formas.

Origem e características:

Para um bom crescimento é necessário cultivar em sol pleno com solo bem drenado e temperaturas quentes, sendo que é uma planta que tolera a seca;

Crescimento:

Ela precisa de umidade, mas não em excesso, então o ideal é encontrar o equilíbrio ideal de acordo com a sua região.

Cuidados básicos:

Conheça o Blog de Jardinagem e Casa

Outra dica é usar fertilizante para rosas do deserto que vai ajudar no desenvolvimento da planta

Cuidados básicos:

Pode ser propagada por sementes, estacas de caule ou enxertos. Cada método tem suas vantagens e desvantagens.

Propagação

Sugerimos a propagação via estacas ou enxertos que possuem resultados mais imediatos.

Propagação

É uma planta resistente, mas como qualquer outra pode acabar pegando Cochonilhas, pulgões e ácaros. 

Doenças e pragas

Conheça o Blog de Jardinagem e Casa

Uma boa higiene, controle de umidade do local e manutenção preventiva ajudam a evitar esse problema.

Doenças e pragas

Existem muitas variedades de rosa do deserto, a 'Black Rose', com flores roxas quase negras, e a 'Snow White', com flores brancas e pétalas delicadas.

Variedades populares

Se você está buscando uma planta de baixa manutenção, porém impactante, a Rosa do Deserto pode ser a escolha perfeita.  Aproveite seu cultivo e desfrute de sua beleza única!